Tones and I critica ‘hits para mexer a bunda’ e explica veto a versão funk de ‘Dance monkey’

Em: 17/08/2020

As dancinhas virais que ajudaram a transformar “Dance monkey” em hit mundial não têm graça para a dona da música. O podcast G1 Ouviu descobriu que a australiana Tones and I não está satisfeita com essa história de “sucesso de TikTok”.

Em entrevista ao G1, Tones and I reclamou da onda de “hits para mexer a bunda” que fazem sucesso no aplicativo de vídeos. “Se você escreve qualquer coisa que é séria de verdade e tem sentido, isso não importa”, ela desabafa.

A cantora também explica por que vetou todos os remixes de “Dance monkey” – inclusive a versão brega-funk que sua gravadora tinha encomendado para o DJ brasileiro JS O Mão de Ouro. Ela queria testar onde a música chegaria do jeito dela. E “Dance monkey” foi longe…

A australiana Tones and I — Foto: Divulgação

A australiana Tones and I — Foto: Divulgação

A música chegou ao primeiro lugar em mais de 30 países. No Brasil, foi uma das mais tocadas do semestre, um feito raro na competição com sertanejos. O clipe já foi visto mais de um bilhão de vezes no YouTube.

Hoje, ela diz, “tudo é remixado e acaba soando do mesmo jeito”. A cantora, que começou tocando na rua e virou uma das grandes revelações do pop nos últimos anos, diz que a fama não é sua escolha. “Não ligo se nunca mais tiver outro hit”, ela afirma.

Fonte: G1